• Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon

Conheça também nossas redes sociais:

(19) 98110-9622

tendere@tendere.com.br

O que é processo criativo na moda

Atualizado: 2 de Dez de 2018

Por Clarissa Cardoso


"Não dá para pegar o design com as mãos. Ele não é uma coisa. É um processo. Um sistema.

Um modo de pensar."

Bob Gill in Graphic Design as a Second Language


A definição mais simples de design é: a solução inteligente de problemas. O design de moda compreende um processo que percorre o trajeto desde o nascimento de uma necessidade até o suprimento desta necessidade por meio da criação de um produto. Este processo complexo pode ser desmembrado em sete etapas:

1. Definir o problema

2. Pesquisar

3. Gerar ideias

4. Testar protótipos

5. Selecionar soluções

6. Implementar

7. Aprender


No caso da moda o processo criativo costuma ser mais acelerado, ‘pulando’ e/ou fundindo etapas. Na Tendere Estúdio, o processo criativo propriamente dito é composto por: definição do problema (briefing), pesquisa (tendências, concorrência, mercado etc.) e geração de ideias (soluções criativas).



Do briefing até a definição da peça e/ou coleção temos um processo de Fashion Design a ser seguido. Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Stone_veneer_in_fashion_design_from_Sisa_Holla.jpg Acesso em 31/01/2018

1. Definição (Briefing): A primeira etapa consiste em definir o problema de design a ser solucionado e a segmentação a ser atendida. Por exemplo, criar uma coleção de outono inverno 2018, para o público jovem plus size feminino.


2. Pesquisa: O segundo passo é a pesquisa com enfoque na solução, claro. Análise do histórico de vendas, pesquisa de mercado, benchmarking, entrevistas com as clientes e pesquisa de tendências (cores, materiais, shapes, padronagens, desfiles, influenciadores etc.). A pesquisa cria o cenário e o manancial criativo com o qual o designer vai se alimentar para criar as soluções, isto é, peças e coleções de sucesso.



Exemplo de moodboard (Creative Commons)

3. Geração de ideias (Soluções): A pesquisa vai fornecer as necessidades e motivações do consumidor final, e, no caso da moda, é importante agregar a estas informações, as tendências que estão por vir, ou seja, algo que a(o) consumidor(a) muito provavelmente vai desejar vestir. Compilando tais dados, o designer cria a coleção:

· cartela de cor/materiais,

· moodboard,

· croquis,

· mix de produtos e

· desenhos técnicos (shapes, materiais, design de superfície e cores).


A partir deste momento, inicia-se o processo de desenvolvimento ou prototipagem, que na indústria da moda é composto por modelagem e pilotagem. Na Tendere chamamos essa fase de DESENVOLVIMENTO. E numa próxima postagem, explicaremos melhor as etapas desta parte do processo.


Dicas de talks, documentários e livros:

TED Talks: Deseja entender mais sobre o processo criativo na indústria da moda, Steve Brown nos explica sobre a revolução tecnológica na moda e o novo papel do designer neste TED Talk.




Documentário: no recém-lançado Dries (2017), disponível na Netflix, um dos principais designers de moda da atualidade, o belga Dries Van Noten, mostra-nos os bastidores de seu processo criativo.



Para ler recomendamos:

· Design Thinking de Gavin Ambrose & Paul Harris.

· Design & Moda: como agregar valor e diferenciar sua confecção; Carlota e Flávio Rigueiral.

305 visualizações