Atualizado: Jan 18

Pré-lançamento!



A Tendere nasceu, basicamente, de estudos sobre moda ou Fashion Studies (história da moda, pesquisa de moda, estudos de comportamento do consumidor de moda e future studies com foco em moda etc.). E nós gostamos muito de fazer isso, e fazemos muito bem: pesquisar moda sob diversos aspectos, abordagens e metodologias. Por isso, queremos compartilhar esse conhecimento com você.


Sempre nos pediram por esses cursos, e quem podia ir a Campinas conseguia fazê-los. No entanto, sempre recebemos mensagens, de gente de todo o país pedindo cursos online, porque assim, mais gente tem acesso. Com a pandemia, nós aprendemos e nos acostumamos a nos comunicar via instrumentos variados dentro da internet. E resolvemos, a partir de janeiro de 2021, disponibilizar 4 cursos que tem total foco em ampliar seu repertório e melhorar sua atuação em moda.





São eles: História da Moda, Negócios da Moda, Pesquisa de Moda e Arte e Moda. Todos ministrados pela nossa fundadora e CVO, Patricia Sant’Anna.


Patricia tem doutorado em História da Arte (ela estudou a coleção Rhodia que hoje está no MASP, e sua tese de doutoramento foi a base curatorial da exposição, aliás, o texto do catálogo é de autoria dela – veja mais sobre a exposição neste link: https://masp.org.br/exposicoes/arte-na-moda-colecao-masp-rhodia; mestrado em Antropologia (pesquisou sobre a linguagem visual no qual a moda fazia parte das revistas nacionais Elle, Vogue e Marie Claire, um estudo que abarcou toda a década de noventa, quer ler a dissertação? Clica no link http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/282); é especialista em Museologia (sua pesquisa foi sobre coleções de moda em museus de arte, durante esse estudo estagiou no MASP); tem aperfeiçoamento em Pesquisa Qualitativa e está finalizando o MBA em Marketing no qual estuda as certificações que indicam posicionamentos de sustentabilidade em marcas e empresas de moda. Além disso, ela leciona e palestra há mais de 20 anos, com foco especial no amplo mercado da moda. Tem grande conhecimento de mercado e atende clientes de vestuário, calçados, acessórios, joias, bijuteria e beleza em todo o Brasil, e de todos os portes.


Esses cursos fornecem o repertório básico para você trabalhar e atuar em moda com mais segurança e criatividade. Caso você já tenha feito moda, você com certeza enriquecerá e atualizará o seu repertório. E, bem, repertório é o alicerce de uma pessoa criativa, certo? Cada curso é atualizado para a realidade em que vivemos hoje, trazendo conexões com a contemporaneidade, de maneira a você compreender e saber utilizar estes conhecimentos de maneira criativa em seus negócios ou atividades profissionais. Bora aprender um pouco mais sobre moda?


Vamos detalhar cada curso para você saber o que melhor se encaixa no que deseja, precisa e quer no momento.



O curso de História da Moda pretende não só te introduzir em como as pessoas constroem suas aparências ao longo do tempo, mas pretende (1) te mostrar como é que se constrói a história da moda; (2) como você pode continuar a aprimorar seus conhecimentos de história da moda por conta própria; e (3) o trajeto mais básico sobre os processos históricos no qual a moda é uma protagonista ou atua de maneira importante. História da Moda é repertório básico para quem atua em moda, seja qual for sua atuação. As aulas estão organizadas basicamente como a imagem abaixo está listando.




Já o curso de Negócios da Moda tem como foco mostrar todas as dimensões que são necessárias para a construção, planejamento e execução de um Fashion Business de sucesso. A Tendere tem muita expertise nisso, já atendeu desafios de empresas de todos os portes, de modelar um novo negócio que está para nascer até grandes corporações que precisavam se reinventar e se reconectar com seus clientes. Organizamos o curso da maneira que segue, veja se não é tudo o que você sempre desejou saber sobre um negócio de moda. As aulas são recheadas de exemplos de empresas com propostas e tamanhos muito diferentes umas das outras. Sem preconceito, Patricia Sant’Anna mostrará cases e anticases do amplo universo da moda para que você compreenda e consiga perceber e aproveitar oportunidades.




Pesquisa de Moda é algo estratégico para qualquer empresa da área, e às vezes é pouco (ou pior mal) explorada em negócios de moda. A pesquisa de moda traz informação sobre o/a cliente (segmentações que são atendidas), dá subsídios para processos criativos (de comunicação à produtos), alinha a marca aos seus clientes reais, enfim, promove e deixa a marca sempre atualizada, conectada com o cliente e em dia com valores e propostas da contemporaneidade. Veja como organizamos o curso de maneira a você não só saber quais são os tipos de pesquisa, mas efetivamente como os utilizar na prática.




E, por último, mas não menos importante: o curso de Arte e Moda. Trata-se de um curso para avançar o seu repertório e debate sobre moda para além dos meios da história da moda, conseguindo transitar com outras expressões estéticas e aprendendo como esse diálogo foi rico e criativo para ambos os lados.




Os cursos são gravados, portanto, você terá acesso de maneira assíncrona (isto é, que não é ao vivo) por meio de um link que é previamente enviado, e que fica ativo até 31 de março de 2021. Você terá a liberdade de fazer quando e como quiser. Mas fique atenta/o, uma vez que o link expira, você não conseguirá mais acessar as aulas e terá que comprar novamente o curso para conseguir finalizá-lo.


Você pode fazer um de cada vez, ou os quatro numa tacada só, você escolhe:





Curta o seu verão aprendendo sobre Moda com a Tendere.


Quer garantir sua vaga? Envie um email para tendere@tendere.com.br e já reserve a sua vaga.


Vemo-nos em breve!


150 visualizações0 comentário

O 17º Seminário Tendere – Tendências 2022 acontecerá digitalmente nos dias 23 e 24 de setembro de 2020, das 15h às 18h, e estamos ansiosos para mostrar para nossos clientes e parceiros as últimas pesquisas de tendências da Tendere!

Como acontece em todas as edições do evento, os resultados são mostrados com palestras dinâmicas e o relatório de tendências é enviado após o evento para todos os participantes do Seminário, sem nenhum custo adicional.

Os ingressos são vendidos online até um dia antes do evento ou até esgotarem (sim, mesmo sendo digital, temos limite de participantes). Você pode adquiri-los via Sympla no link: https://www.sympla.com.br/17-seminario-de-tendencias-100-digital-acesse-tenderebr-no-instagram-e-veja-informacoes__924535

Qualquer dúvida, por favor, entrar em contato com o email: marketing@tendere.com.br

Programação do Seminário de Tendências

Quem coordena o dia é Patricia Sant’Anna, CVO, fundadora e diretora de pesquisa da Tendere. O formato digital exigiu dinâmicas diferentes, então apresentaremos as palestras de futuro do consumo e tendências de mercado como normalmente fazemos, mas não apresentaremos as macrotendências criativas de uma ou outra estação, mas das duas, falaremos de 2022 de um jeito diferente, e acreditamos que vai ajudar mais a você do que na maneira tradicional. As macrotendências criativas possuem informações relevantes de tema, conceito, cor, texturas, materiais e formas para moda (vestuário, couro-calçadista, joias e bijouterias), beleza e cosméticos, e arquitetura e décor.

Outros quatro palestrantes, pesquisadores da Tendere – Helder Oliveira, Victor Barbosa, Vivian Berto e Layla Mendes –, tratam seus temas de abrangência importantíssimos para pensar a Economia e a Indústria Criativa em 2022.

Como você pode ver traremos palestras relevantes para compreender o mundo em que vivemos hoje, porque é dele que desdobramos as consequências de futuro. No primeiro dia temos Victor Barboza e Helder Oliveira.

Victor Barboza, nosso pesquisador para Mercado Financeiro e Economia Contemporânea nos traz como as Fintechs cresceram no Brasil nos últimos anos, mas melhor, como elas podem ajudar a alavancar o seu negócio. Victor Barboza é formado em Engenharia Mecânica na Unicamp, e é fascinado por economia criativa e gestão de negócios desde a graduação. Depois do curso de Engenharia mergulhou na Gestão Financeira, e hoje faz MBA em Gestão Financeira e em Gestão de Negócios (USP). Acaba de ser selecionado pelo Banco Central para ter sua própria Fintech acelerada por eles: a Fincatch, um buscador que também demonstra a reputação de outras Fintechs e ajudará os usuários a escolherem qual é a empresa que melhor se adequa à sua realidade e mercado.


No mesmo dia temos Helder Oliveira, CEO da Tendere e pesquisador de Arte Contemporâneo e Mercado das Artes na Tendere. Ele demonstrará como o processo de digitalização teve impacto tanto no mercado quanto na própria produção artística contemporânea. Helder Oliveira também é perito em Artes para Receita Federal, estudou Educação Artística na FAAP, Museologia da USP, fez mestrado em História da Arte na Unicamp e tem experiência em grandes mostras, bem como foi museólogo (conservação preventiva) no Acervo do MASP. Acompanha o mercado de artes desde que entrou na Tendere, há oito anos, trazendo importantes subsídios para os pesquisadores de tendências compreenderem sobre temas, cores, texturas, formas e novas sensibilidades nascentes.


No segundo dia do evento teremos Layla Mendes e Vivian Berto. Layla Mendes hoje é professora do IFRN Caicó, no Rio Grande do Norte, e é pesquisadora da Tendere na área de Comportamento de Consumo de Moda no NE. Hoje Layla Mendes está em Guimarães, Portugal, fazendo o seu doutorado na Universidade do Minho. Ela nos traz uma palestra sobre o fator estratégico que é o uso de tendências em empresas da área de moda. Parece óbvio, mas não é. Layla falará sobre a importância de um conhecimento aprofundado sobre as necessidades de seu cliente final para um uso realmente estratégico das informações de tendências. Com formação em Engenharia Têxtil (UFRN), especialização em Styling de Moda (Senac SP), mestrado em Design de Comunicação de Moda (Universidade do Minho) e agora, como doutoranda em Design de Moda (Universidade do Minhho e Universidade Beira Interior, Portugal) ela tem conhecimento de todo o processo da indústria da moda e como ela atua no mercado brasileiro e europeu.


Vivian Berto traz um debate muito pertinente para a moda contemporânea no Brasil que é a Moda Sustentável enquanto um produto de mercado. Vivian Berto nos traz a realidade da Alemanha, especificamente Berlim, que tem centralidade para falarmos em mercado de moda sustentável, afinal, é onde ocorre as principais feiras de negócios de moda sustentável do mundo. Vivian Berto é formada em Design de Moda, mas seu interesse por Arte Contemporânea, em especial a produção feita por mulheres e com engajamento feminista, despertou seu interesse, o que a levou a fazer um Mestrado em História da Arte (Unifesp). Na Tendere sempre atuou nas iniciativas com propósito, por exemplo, foi ela que trouxe a causa da Moda Inclusiva para dentro da empresa, construiu um blog crítico que expunha nossos debates internos para os nossos clientes. Hoje em Berlim, a Vivi, como é carinhosamente chamada aqui na empresa, traz não só o que é cool, o que está despontando (porque ela faz isso com facilidade), mas como essas referências podem ajudar em negócios no Brasil.


Estas palestras foram gravadas, mas os palestrantes estarão, nos dias, ao vivo, para tirar dúvidas ao final de cada dia do evento. Como você pode perceber, o evento está incrível, e imperdível. Bora participar?


Faça já sua inscrição neste link: https://www.sympla.com.br/17-seminario-de-tendencias-100-digital-acesse-tenderebr-no-instagram-e-veja-informacoes__924535




A gente se vê nos dias 23 e 24 de setembro de 2019,

quando nos encontraremos e conversaremos sobre 2022!


108 visualizações0 comentário

Atualizado: 7 de Ago de 2020

Equipe Tendere

Vamos pensar no futuro de sua empresa juntos?

Com a Covid-19, nosso cenário passa por um momento transformador, que repercurte em nosso dia-a-dia com grandes desafios. E nós queremos saber: Como vai você e sua empresa nesse cenário?

Você sabia que além de pesquisa de Tendências (Criativas e de Comportamento do Consumidor) a Tendere pode te ajudar a (re)pensar o seu negócio / produto(s) / processos?

Nós podemos te ajudar a identificar, atualizar e construir sua segmentação (ou melhor segmentações), diagnosticamos e (re)modelamos negócios criativos, e alinhamos todos da empresa no mesmo processo (com workshops e treinamentos informativos e criativos).

Devido à Covid-19, oferecemos todas as nossas soluções digitalmente e com suporte de facilitadores experientes.

Equipe Tendere e parceiros Proimagem Eventos Digitais

e ComViver ao final de um workshop.


Cada empresa, independente do tamanho, é um desafio específico. Por isso, tanto os métodos para desenvolver a segmentação, bem como as soluções que podemos construir juntos para o seu negócio, são também processos únicos. Nós começamos sempre compreendendo a empresa de dentro para fora. E fazemos, ao mesmo tempo, questão que você, e todos que constituem a empresa, conectem-se fortemente com os clientes, afinal, é para e por eles que todos nós estamos aqui.


Cenário de Super-Segmentação

Workshop para detectar as segmentações e desenhar direcionamentos criativos.


Agora, vivemos em um mundo complexo, em que cada pessoa não se enquadra mais em uma única forma de ver e vivenciar o mundo. Já te peço logo de cara: por favor, esqueça o tal do ‘público-alvo’ no singular... você atende, e cada vez mais atenderá, inúmeras segmentações, com características, desejos e necessidades específicas. Por exemplo, quando se falava em mercado de moda plus size, praticamente se falava em fazer roupa para mulheres acima do número 46, e ponto. Pensava-se nessa mulher de maneira genérica. Hoje, ao pensar em mercado plus size é necessário investigar quais nuances a marca vai atender destas mulheres: a que trabalha no escritório em roupas formais? Ou a que defende causas sustentáveis? Ou a que busca as últimas tendências da moda? Ou a que busca uma moda resort para se sentir linda na praia? Ou necessita de roupas fitness para praticar seus esportes prediletos? Ou ainda a que busca peças básicas? Afinal, todas elas são plus size, e todas elas têm necessidades diferentes.


Conhecer as segmentações e se conectar com a(o)s clientes de maneira profunda é a base para se criar produtos e serviços que realmente façam a diferença e a ajudem no dia a dia, bem como desenvolver uma comunicação sincera e que se converta em vendas. Enfim, se você conhece e é conectado às suas segmentações, é mais fácil criar, produzir e se comunicar com seus clientes.


(re)Modelagem de Negócios

O BMC te ajudará a saber as possibilidades e decidir com clareza sobre o futuro do empreendimento (ele já existindo ou não).


A modelagem de negócios usa de um instrumental muito apreciado pela turma das startups: o Business Model Canvas – BMC. Trata-se de um instrumental que não é para pensar apenas negócios digitais (apesar de ter sido desenvolvido para – quer saber mais? Leia o livro Business Model Generation: Inovação em Modelos de Negócios de Alexander Osterwalder e Yves Pigneur). Em verdade é uma ferramenta, e como tal, não raro, pode ser usada para muito além de sua intenção inicial. Desta maneira, a forma como usamos, pode e deve ser de acordo com nossas necessidades e especificidades de nossos mercados. Por exemplo, em moda, é bem importante saber de antemão as segmentações que vamos tratar. Pois é isso que determina a qualidade de nossa proposta de valor. E não o contrário. Por essa razão, na Tendere, sempre que fazemos uma modelagem, de antemão já pesquisamos e desenhamos todas as possíveis segmentações que o cliente tem potencial de atender. Apresentamos, debatemos com ele, mas a decisão final, de quem será atendido é do cliente, afinal, é ele quem entregará a proposta de valor. Vale frisar que o fato de começarmos pela segmentação é só um dos inúmeros caminhos possíveis de como montar um BMC.

Para quem não conhece a Modelagem de Negócios, saiba que a construção de uma modelagem é diferente de uma montagem de Plano de Negócios. Ela é mais rápida, plástica e criativa, permitindo rearticulações no meio do processo, bem como aplicações pontuais. A Modelagem de Negócios pensa criticamente, mas também agilmente, sobre o processo de montar um negócio, entrar no mercado, atender as dores dos clientes, as finanças, o capital intelectual etc. Montar um BMC é perceber o quanto as partes de um empreendimento são intrinsecamente conectadas, notar que há uma parte de todo esse esforço é emocional, mas também que é necessário ter pé no chão e ser racional, que ninguém monta algo absolutamente sozinho, e que a proposta de valor é o coração do negócio. Enfim, o BMC faz você pensar (ou repensar) o negócio como um todo. Isto significa definir e decidir sobre: segmentações, relacionamento com o cliente, canais (de comunicação e de logística), proposta de valor, atividades-chave, recursos-chave, parceiros-chave, estrutura de custos e fontes de receita. Portanto, não vamos tratar só do produto/serviço, mas sim de todo o negócio. Lembrando que o produto e o serviço entregam a proposta de valor de todo o negócio. Ao final de uma modelagem temos o modelo do negócio e um produto/serviço no formato de menor valor (minimal product value – ou simplesmente MVP) para se testar a(s) solução(ões) que entrega(m) a(s) proposta(s) de valor pensadas e orquestradas ao longo da modelagem.


Treinamento

Workshop de internalização de processos ágeis para desenvolvimento

de coleções de calçados.


Quando criamos um empreendimento, ou um novo braço de nosso negócio, ou ainda remodelamos nosso business isso se concretiza comprovadamente se todos os envolvidos estiverem minimamente a par dessa nova proposição da empresa. Mudanças necessitam ser operacionalizadas por pessoas, e estas precisam estar alinhadas aos propósitos criados na modelagem de negócios. Você pode estar pensando: Bem, é só eu passar tudo para o pessoal e começarmos a trabalhar... Não, não é tão simples. Porque a equipe (e aqui incluindo fornecedores, e mesmo clientes) precisa conhecer o modelo de negócio, mas mais que isso, precisa compartilhar os valores, isto é, entender e acreditar. Sua pergunta seguinte pode ser: Como sensibilizar a equipe? Como fazer todos estarem juntos nestes novos processos? São questões pertinentes e que nem sempre conseguem uma resposta simples. Sabendo disso, a Tendere sempre oferece, no mínimo, uma palestra interativa para que todos fiquem alinhados. Mas em verdade, o ideal é um workshop baseado em instrumentais de Design Thinking. Como a cultura popular sabiamente fala: o papel aceita tudo. Sabemos da importância da equipe executora do MVP estar sensibilizada e ter as decisões da modelagem internalizadas de maneira a operacionalizar a modelagem de forma segura e condizente com as decisões que foram tomadas. Por isso, o treinamento feito sob medida para você, atende as necessidades da sua empresa, e cria a sinergia necessária nos envolvidos, e não só tira a modelagem do papel, mas a faz ser um sucesso.


Quanto tempo leva para fazer uma modelagem de negócios? Em média 6 meses, com encontros mensais. Parece muito, mas não é. É o tempo certo para pesquisas, geração de insights, tomadas de consciência e decisões importantes para o investimento no novo negócio que você está construindo.


Você deve ter curiosidade sobre os valores de nosso serviço de segmentação e de modelagem com treinamento, pois bem, vamos esclarecer para você que nossa tabela de preços é de acordo com o tamanho da empresa, isso mesmo, um empreendedor (alguém que ainda vai abrir uma empresa) não pagará o mesmo que uma grande corporação.


Nosso preço normal para um combo especial de segmentação e de modelagem com treinamento para empreendedores (quem vai começar um negócio) e empresas PME:


· Modelagem de Negócios investimento de R$ 5.300,00

· Segmentação de Mercado investimento de R$ 3.500,00

Valor total na tabela Tendere para PME: R$ 8.800,00.


Combo Segmentação + Modelagem (grátis ganhe o Treinamento)


AGORA Lançamos um NOVO pacote valor promocional (válido até novembro/2020) no qual Segmentação + Modelagem sai por R$ 6.200,00.

Montamos duas formas de pagamento para você escolher uma dentre elas:

· A vista: desconto de 8%, ou

· Parcelado: sinal de R$ 1.200,00 e o restante do investimento em 5 parcelas de

R$ 1.000,00.


E tem MAIS: sua empresa recebe GRÁTIS o treinamento (2 horas).


Você pode também estar se perguntando: Bem, mas como vamos confiar no trabalho da Tendere? Ou Quem já fez segmentação e modelagem com a Tendere?


Várias empresas já fizeram SEGMENTAÇÃO e/ou (RE)MODELAGEM DE NEGÓCIOS conosco, o que comprova a nossa eficiência, pois são todas empresas bem colocadas no mercado, independentemente do tamanho:


· C&A (segmentação e processos criativos – masculino, infantil, calçados e feminino – varejista moda);

· Fascynios (segmentação – camisaria, varejo);

· Santa Costura de Todos os Santos (remodelagem de negócio e segmentação, moda sustentável – atacado e varejo);

· La Loba (remodelagem, segmentação e identidade visual – acessórios veganos – atacado e varejo);

· Amme All Curves (modelagem de negócios e segmentação – moda plus size);

· Aléia Joias (modelagem de negócios e naming – joias sustentáveis);

· Corpo Delito (remodelagem de negócios e segmentação – fitness e varejo multimarcas), entre outras.

· Cris Gata (remodelagem de negócios e segmentação)

· Cecy Joias (segmentação e processos criativos – joalheria)

· ACP Paroli (modelagem de negócios – folheados)

· Amee Skate Art (modelagem de negócios com foco em base para branding e marketing – skatewear feminino)

· Que Chuchu Moda Vintage (modelagem de negócios – brechó)

· Rhodia Poliamida (treinamentos de ativação de inovação – indústria química)

· Staroup (segmentação)


Ficou interessada(o)? Entre em contato conosco AGORA!


Patricia Sant’Anna

patricia@tendere.com.br

(19) 981109622 (whatsapp)

(11) 38770861

84 visualizações0 comentário

Tendere Pesquisa de Tendências e Consultoria em Tecnologia Industrial Ltda

CNPJ: 13.977.395/0001-29

Endereço: Rua Bartira, 1060/31 - Perdizes, São Paulo - SP, 05009-000

E-mail: tendere@tendere.com.br

  • Facebook
  • Instagram
  • Pinterest
  • YouTube