• Tendere

A chance do jeans sustentável

Layla Mendes


A empresa americana Raleigh, criada em 2007 por Victor Lytvinenko e Sarah Yarborough, lançou o que chamou de jeans ideal, feito com algodão orgânico cultivado na Carolina do Norte, Estados Unidos. A fibra recebeu o certificado de primeira safra 100% orgânica já produzida na região, e o tecido manufaturado a partir dela foi lançado como o jeans produzido com menor emissão de gás carbônico do mundo. O jeans foi idealizado há 4 anos pela marca mas só agora pode ser produzido, pois esse tipo de cultivo nunca havia sido realizado na Carolina do Norte. A empresa contou com a parceria de Lewie Parish, agricultor que há anos buscava maneiras de cultivar utilizando menor quantidade de agrotóxicos. A Raleigh iria cobrir os prejuízos caso o algodão fosse atacado por pragas, mas por sorte a colheita dos 22 hectares plantados saiu de primeira qualidade. Após a colheita, a Raleigh ainda encontrou dificuldade para achar empresas dispostas a trabalhar com esse tipo de tecnologia têxtil. Por fim, conseguiu que a Cone Mills, tradicional indústria têxtil americana também localizada na Carolina do Norte, fiasse e tecesse o denim. O processo de confecção das calças jeans foi feito no ateliê da própria marca, mas todos os processos anteriores foram igualmente supervisionados e incentivados por Lytvinenko e por Yarborough. Hoje, cada peça feita com a fibra orgânica está sendo comercializada a 325 dólares. No Brasil, o algodão orgânico é produzido para fins comerciais desde 2004, a partir de incentivos da EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), na região do Semiárido da Paraíba. Segundo o órgão, toda a produção brasileira segue os padrões da International Federation of Organic Agriculture Movements (Ifoam). Atualmente, o cultivo do algodão orgânico no Brasil está direcionado apenas à produção de fibras naturalmente coloridas, isto é, que não precisam passar por processos químicos de tingimento. Apesar de menores custos e riscos para o agricultor, o algodão orgânico exige uma série de cuidados durante o seu cultivo, pois a fibra crescida sem o uso de agrotóxicos acaba sendo bastante susceptível a pragas. Mas, como a EMBRAPA segue investindo em pesquisas com o algodão, a produção nacional de denim orgânico pode acabar sendo uma ótima oportunidade de mercado.

0 visualização

Tendere Pesquisa de Tendências e Consultoria em Tecnologia Industrial Ltda

CNPJ: 13.977.395/0001-29

Endereço: Rua Bartira, 1060/31 - Perdizes, São Paulo - SP, 05009-000

E-mail: tendere@tendere.com.br

  • Facebook
  • Instagram
  • Pinterest
  • YouTube